Notícias

Representantes das vinícolas presentes no estande coletivo dos vinhos brasileiros mostraram seus produtos na maior feira do segmento da América Latina. Foto: Martha Caus/Ibravin

Vinícolas brasileiras apostam em novidades no 21º ExpoVinis

09 de Junho de 2017


Das 22 vinícolas brasileiras que estavam no 21º ExpoVinis, 20 estavam no estande coletivo e apresentaram novidades na maior feira de vinho da América Latina. Como já é de praxe, as empresas aproveitam a grande circulação de compradores, da imprensa e também de consumidores para mostrar os lançamentos, produtos de novas safras ou rótulos de destaque. Confira alguns dos principais lançamentos das vinícolas do Brasil no ExpoVinis (estande coletivo):

Zanella
A Vinícola Zanella apresentou o espumante Zanella Nature, elaborado pelo método Tradicional, com 24 meses em contato com as leveduras. Os produtos da Zanella são desenvolvidos sob o conceito de "terroir" da região de Antônio Prado, local de transição entre a tradição da Serra Gaúcha e novo mundo dos Vinhos de Altitude. A principal característica da Vinícola Zanella é a utilização de vinhedos próprios, cultivados em pequenas parcelas e distribuídos de acordo com a adaptação de cada tipo de uva.

Casa Venturini
O Tannat Casa Venturini Reserva e o tradicional Chardonnay  foram o destaque da vinícola localizada na cidade de Flores da Cunha, na Serra Gaúcha. Com duas décadas de atividades, a empresa estabeleceu fortes parcerias nas regiões da Serra Gaúcha, Campanha Gaúcha e Campos de Cima da Serra, regiões privilegiadas no clima e solo para cultivo de uva com o objetivo de colher safras com altíssimo padrão de qualidade para elaboração dos vinhos finos e espumantes.

Aracuri
Os destaques da Aracuri foram o espumante Brut Chardonnay e o Cabernet Sauvignon safra 2016. A vinícola está localizada no município de Muitos Capões, na região dos Campos de Cima da Serra, estado do Rio Grande do Sul. Os vinhedos estão numa região de altitude, a 960 metros acima do nível do mar. Os ventos são constantes, ajudando a manter as folhas e frutos secos. Atualmente, a vinícola possui 12 hectares de vinhedos com as variedades Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Chardonnay e Sauvignon Blanc. A produção varia de 60 a 90.000 kg de uva por safra. Com as quais, elaboramos 13 rótulos distintos, em quatro linhas: Reduto, Collector, Aracuri e Campos Altos.

Don Guerino
A Don Guerino apresentou o Torrentés Vintage. Localizada em Alto Feliz, na encosta da Serra Gaúcha, a Don Guerino é uma vinícola familiar que prima pela qualidade de seus vinhos, pela sua arquitetura e pela belíssima paisagem de vinhedos que a rodeia. Com área de 55 hectares de vinhedos implantados junto à vinícola, o terroir com microclima particular é marcado pela constante exposição solar, ventilação, solos argilosos e vermelhos, com um clima temperado dão tipicidade única aos vinhos da Don Guerino.

Cordilheira de Sant’Ana
A Cordilheira de Sant’Ana lançou o Touriga Nacional, de forte personalidade, que impressiona pela cor intensa e os aromas florais. A vinícola está localizada em Santana do Livramento, na região da Campanha Gaúcha, com área total de 46 hectares, sendo 24 hectares de vinhedos conduzidos em sistema de espaldeiras com um cordão esporonado. A adega de produção de vinhos tem uma área de 750 m2 e capacidade de estocagem de 160.000 litros. Foi construída numa concepção moderna e todos os equipamentos e tanques são de aço inoxidável. Todo sistema de refrigeração e remontagem dos vinhos é automático e computadorizado. Também possui barris de carvalho e uma cave para envelhecimento e amadurecimento.

Capoani
A Vinhedos Capoani apresentou o vinho tranquilo Gamay e o espumante Brut safra 2011. Localizada no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, a empresa tem como objetivo principal elaborar vinhos e espumantes que expressem a identidade regional, que sejam inovadores e que possam atender as aspirações dos consumidores modernos que buscam por produtos de qualidade.

Campos de Cima            
A Campos de Cima lançou o vinho tinto 3 Bocas 2016, um blend de Tannat, Cabernet Sauvignon e Ruby Cabernet. Campos de Cima é uma propriedade familiar com mais de 150 anos, com tradição em pecuária, situada na Região da Campanha Gaúcha. Com um excelente potencial da região para a vitivinicultura, em 2002 os proprietários iniciaram o projeto de implantação de 15 hectares de vinhedos, em uma coxilha denominada Campos de Cima. A empresa tem produção limitada e exclusiva, em formato de ‘vinícola Boutique’.

Dunamis
O destaque da Dunamis foi a safra 2015 do varietal Tannat, premiado entre os 16 vinhos mais representativos da Avaliação Nacional daquele ano. O mesmo rótulo constou também da seleção feita em 2016 . A Dunamis é uma vinícola jovem que tem por objetivo descomplicar o consumo do vinho, aumentar a qualidade dos vinhos e a imagem nacional. Está localizada na campanha Gaúcha, em Dom Pedrito, com um vinhedo para vinhos tranquilos, e na Serra com um vinhedo para espumantes, no município de Cotiporã.

Don Giácomo
A Don Giácomo apostou na apresentação de sua linha de sucos de uva 100% aos visitantes do ExpoVinis. Sem adição de água ou açúcar, a bebida foi apresentada em embalagens de 1litro, 1,5 litro e 2 litros elaborados na versão tinta, branca e Rosé. Localizada em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, a empresa tem 34 anos de história, é pequena, familiar, e tem produção limitada. 

Arbugeri
A Arbugeri lançou o rótulo Sfera Merlot 2013, produto gran ouro no Concurso Internacional de Bruxelles, edição Brasil 2017. Nascida no ano 2000, a Vinícola Arbugeri fora projetada para elaboração de vinhos de uvas americanas com padrão elevado de qualidade. Com uma área total de 10.000 m² no município de Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, a empresa vinificou em 2001 a sua primeira safra.  Em 2005, a empresa vinificou sua primeira safra utilizando uvas viníferas, especificamente as uvas Cabernet Sauvignon, Prosecco e Chardonnay, estas duas últimas destinadas à produção do primeiro espumante no método Champenoise.

Peterlongo
A Vinícola Peterlongo lançou três rótulos da linha Armando Memória: Merlot, Cabernet Sauvignon e Tannat, todos exemplares da safra 2015. Desde o ano de seu centenário, em 2015, a empresa localizada em Garibaldi, na Serra Gaúcha, vem investindo pesado na qualidade total, seja nos vinhedos e equipamentos, seja no pessoal e no processo de elaboração. O lançamento da nova proposta da linha Armando Memória é mais um avanço da empresa nesta caminhada. Cada lote chega com produção limitada. Do Armando Memória Cabernet Sauvignon, elaborado com uvas da Serra Gaúcha, são apenas 3.900 garrafas. Já o Armando Memória Merlot, com viníferas cultivadas em Encruzilhada do Sul (Serra do Sudeste) e na Serra Gaúcha, a partilha é de 4.900 garrafas. O Armando Memória Tannat, novidade na linha, também reúne uvas das mesmas regiões, colocando no mercado 4 mil garrafas.

Sanjo
A Sanjo destacou nesta edição do ExpoVinis os rótulos Maestrale Cabernet Sauvignon 2007 e o Maestrale Integrus Tinto 2008. Fundada em 1993, a Sanjo Cooperativa Agrícola de São Joaquim (SC) passou a investir na produção de vinhos finos de altitude em 2002. Aliando aos valores da tradição japonesa à qualidade das uvas francesas e à experiência de enólogos de descendência italiana, vindos das tradicionais vinícolas da Serra Gaúcha, a Sanjo contribui para o reconhecimento alcançado pelos vinhos produzidos na Serra Catarinense. Atualmente, a empresa possui cooperados cultivando uvas em uma área total de 30 hectares. O cuidado no cultivo somado à excelente adaptação das uvas ao clima frio de São Joaquim revelou um terroir singular, propiciando a produção de vinhos cheios de personalidade.

RAR
A RAR/RASIP lançou o vinho Reserva Merlot e o Espumante Brut Reserva, produzidos em Muitos Capões, nos Campos de Cima da Serra (RS).Localizada em Vacaria (RS), a RAR/Rasip teve origem na fruticultura, com o cultivo da maçã, na década de 70. Hoje, é a terceira maior produtora da fruta no Brasil. A empresa conta com linha de 10 rótulos entre vinhos e espumantes. O terroir dos Campos de Cima da Serra, região com cerca de 1.000 metros de altitude, no qual são cultivadas as uvas e onde está localizada a cidade de Vacaria, traz sabor diferenciado aos vinhos e espumantes, que completam a experiência de boa mesa, proposta pela RAR/Rasip.

Cristófoli
A Cristófoli destacou os vinhos tranquilos Sangiovese, Moscato de Alexandria e Chardonnay e os espumantes – lançamentos mais recentes - Brut, Brut Rosé e Moscatel. A vinícola está estabelecida em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, e estará pela primeira vez no ExpoVinis. Desde 1998, elabora vinhos finos jovens e frescos. Os espumantes têm como característica a jovialidade, os aromas delicados e o paladar elegante.

Batalha
A Batalha apresentou ao mercado o Ideologia, um corte de Cabernet Sauvignon, Tannat e Merlot, não safrado, elaborado dentro do conceito de intervenção mínima no processo de vinificação para destacar a qualidade e tipicidade das castas cultivadas no terroir da Campanha Gaúcha. Com vinhedos localizados nas terras onde ocorreu a Batalha do Seival, em Candiota, na região da Campanha Gaúcha, a Batalha busca a valorização da pequena propriedade e de produtos de qualidade, em uma propriedade de 29 hectares. A empresa tem como foco a produção em escala limitada e a valorização do terroir da Campanha, região com vocação natural para se consolidar como um importante polo vitivinícola.

Giaretta
A Giaretta apresentou o espumante Extra Brut Champenoise. A Família Giaretta, como boa parte das famílias de origem italiana situadas na Serra Gaúcha, tem em seus antepassados um histórico de produtores de uvas e, por consequência, produtores artesanais de vinhos. E foi baseado nesse conhecimento, que perdura por décadas, geração a geração, que surgiu a Vinícola Giaretta, situada na cidade de Guaporé, região da Serra Gaúcha, local muito favorável à produção vitícola.

Courmayeur
A Courmayeur destacou dois espumantes: o Brut Rosè e o Retrato (Nature). A Courmayeur está localizada na cidade de Garibaldi, na Serra Gaúcha. A vinícola foi fundada em 1976. Iniciou nos anos 90 a elaboração de espumantes, pelos quais atualmente é reconhecida no mercado nacional. O nome Courmayeur provém de uma comuna italiana da região do Valle d’Aosta, na fronteira com o território francês. A vinícola está fortalecida na ideia de ‘celebrar o novo’, elaborando espumantes de alta qualidade, trazendo ao mercado produtos que sejam a cara do Brasil: descomplicados, alegres e únicos, e convida a descomplicar, consumindo espumantes a qualquer hora.

Lucano
A Vinícola Lucano destacou os novos rótulos dos seus varietais. Tendo chegado ao Brasil em março de 1960, a família Lence elaborava vinho para consumo próprio. Em 1987, decidiu ampliar essa escala familiar e fundou a vinícola, na cidade de São Paulo (SP). Desde então, elabora os vinhos finos Merlot, Cabernet Sauvignon, Tannat, Assemblage e Moscato, com matéria-prima cultivada no Sul do país. Em comemoração aos 30 anos de existência, os rótulos estarão de “roupa nova”.

Lidio Carraro
A Lidio Carraro apresentou as novas safras e identidade visual dos rótulos. Destaques para o Agnus Merlot 2016 e o Dádivas Tempranillo 2016. A Lídio Carraro é uma vinícola boutique de propriedade familiar, localizada no Vale do Vinhedos, em Bento Gonçalves, comprometida a elaborar vinhos de primeira linha guiada por uma filosofia purista de ‘mínima intervenção para a máxima expressão dos vinhos’. No ramo da viticultura há mais de cinco gerações, acredita que os grandes vinhos são obtidos através do máximo respeito à expressão natural da uva e do terroir de origem. Exporta cerca de 30% da sua produção para mais de 20 países e seus vinhos conquistaram importante reconhecimento nos últimos anos por alguns dos mais influentes críticos de vinhos da atualidade, além de ter sido a vinícola que elaborou os vinhos oficiais de grandes eventos esportivos como as Olimpíadas Rio 2016, Copa do Mundo da FIFA, Rio Open Tênis, Stock Car e Jogos Pan-americanos Rio 2007.

Don Cândido
Os destaques da Don Cândido foram o Merlot Documento, com Denominação de Origem do Vale dos Vinhedos, o Marselan 4ª Geração e o Autêntico Petit Verdot. A Dom Cândido Vinhos Finos é uma vinícola familiar instalada no Vale dos Vinhedos. Desde sua fundação, a empresa ampliou seus vinhedos e hoje é responsável por 100% do cultivo das uvas utilizadas na elaboração de suas bebidas. Com uma produção controlada, a vinícola aposta na elaboração de vinhos de qualidade internacional em pequenos lotes.
 

Assessoria de Imprensa Ibravin: www.ibravin.org.br 
Martha Caus: (54) 3538.3048 | (54) 9.8111.4450 - imprensa@ibravin.org.br       
Cassiano Farina: (54) 3538.3048 | (54) 9.9937.9027 - imprensa2@ibravin.org.br
Camila Ruzzarin: (54) 3538.3048 | (54) 9.9190.1392 - imprensa3@ibravin.org.br